Lista de capixabas beneficiários de caixa 2 da Odebrecht aumenta

Odebrecht-2

Max Filho, Cesar Colnago, Audifax Barcelos e outros três políticos capixabas sem mandato também estão na lista que o executivo Benedicto Júnior, o BJ, delator da Odebrecht, entregou à Operação Lava. As informações são do portal “Estadão”, que publicou uma planilha com doações de R$ 246.612.801,00 de caixa 2 a 187 políticos do alto escalão e também do baixo clero.

Segundo a reportagem, a farta distribuição de dinheiro ilícito engordou o caixa dos mais importantes partidos entre 2008 e 2014 e favoreceu seus caciques. Constam nesta relação, novamente, os nomes do governador Paulo Hartung (PMDB), o Baianinho, bem como Renato “Centroavante” Casagrande (PSB), Luciano “Filho do Reino” Rezende (PPS), Luiz Paulo “Filhote” Lucas e Ricardo “Duro” Ferraço. Os novos nomes são do prefeito de Vila Velha, Max “Novo” Filho (PSDB), o prefeito de Serra Audifax “Italiano” Barcelos (Rede), o vice-governador Cesar “Gripe” Colnago (PSDB), bem como os petistas Guilherme “Magma” Lacerda, Iriny “Masculino” Lopes e Alexandre “Sapato” Passos.

A planilha de BJ é dividida em 11 colunas: Index – com o número de políticos que teriam recebido repasse -, Ano, Cargo, Estado/Município, Codinome, Nome, Intermediário do Político, Doação Caixa 2, Propósito, Pessoa de Contato e Observação.

Por ordem de tempo, em 2008, Luiz Paulo recebeu o repasse de R$ 100 mil como ajuda em sua campanha para a prefeitura de Vitória. Segundo os dados da lista de BJ, o dinheiro foi entregue por intermédio de uma pessoa identificada como Fernando Nogueira. Dois anos depois, por intermédio também de Fernando e do advogado Luciano Ceotto foram repassados mais R$ 500 mil. Em 2010 “Filhote” concorreu ao governo do Espírito Santo.

Ainda em 2010 a Odebrecht fez repasses de mais de R$ 3 milhões para capixabas. Para Guilherme Lacerda, que concorria a deputado federal teriam sido três repasses de R$ 500 mil, enquanto Iriny foi eleita para o mesmo cargo tendo sido beneficiária de R$ R$ 50 mil de caixa 2 e o petista Alexandre Passos, que é ex-vereador de Vitória e concorria a deputado estadual, teria recebido para sua campanha R$ 30 mil. E ainda o atual conselheiro Sérgio Borges, o “Boquinha”, teria sido eleito com o benefício de R$ 50 mil.

Para o pleito de 2010 Paulo Hartung, com o codinome Baianinho, mesmo não tendo concorrido, teria recebido por meio do intermediário Neivaldo Bragatto quatro repasses de R$ 250 mil. Já Renato Casagrande, que era candidato ao Governo do Espírito Santo, está na lista como tendo recebido, por meio do intermediário Paulo Brusque, sete repasses de R$250 mil e um de R$ 50 mil. Fechando a relação daquele ano, o então candidato a deputado federal, Cesar Colnago, foi eleito com o apoio financeiro da empreiteira no valor de R$30 mil.

No ano de 2012, mesmo sem concorrer, Hartung e Casagrande conseguiram para seus candidatos os valores de R$ 80 mil e R$ 500 mil, respectivamente. No caso do dinheiro da Odebrecht doado a “Centroavante”,um dos beneficiários teria sido o prefeito de Vitória, Luciano Rezende, que foi eleito e teve injetado na campanha dois repasses de R$ 100 mil.

Quem também está na relação é Audifax, cujo repasse para sua campanha à prefeito de Serra em 2012 teria recebido R$ 100 mil, enquanto Max Filho teria recebido R$80 mil.

O senador Ricardo Ferraço está na lista de indiciados do Ministro Edson Fachin e aparece na lista como “Duro” e tendo recebido, por intermédio de um empresário dono de revendedora de carros, quatro repasses de R$ 100 mil para sua campanha ao Senado Federal, em 2010.

Os investigadores suspeitam que parte dos valores repassados a título de doação de caixa 2, na verdade, era propina. Muitos políticos receberam em períodos que não disputaram eleição. O documento reúne apenas os repasses tratados por BJ. Nele não há referência a campanhas presidenciais, missão exclusiva de Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo.



Outras Notícias


Santa Cecília, exemplo de mulher cristã

Homem é baleado após confusão por suposto assédio em Cachoeiro

Mutirão para negociar dívidas segue até sexta (24) em Cachoeiro

Prefeitura prepara decoração natalina especial na Praça Jerônimo Monteiro

Tratamento para câncer de próstata ganha genérico inédito

Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro

Defeso do camarão proíbe pesca, transporte e comercialização até o próximo dia 15 de janeiro

Justiça determina que Estado e Cachoeiro de Itapemirim forneçam fraldas geriátricas a deficientes e doentes

'Orgânico não tem que ser caro'

Existe um mal difuso em ver o policial como um inimigo

Existe um mal difuso em ver o policial como um inimigo

Apresentação de Nossa Senhora no Templo

Cerca de 5 milhões de candidatos ao Enem já consultaram seus locais de prova

São Martinho de Lima, cheio do Espírito Santo

Festival de Food Truck agita feriado prolongado em Marataízes

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.