Horário de verão começa dia 15 de outubro

Horario_de_verao_38568-42640

No dia 15 de outubro começa o horário de verão na maior parte do território brasileiro e segue até 17 de fevereiro do próximo ano. Durante o período, a população deve adiantar os relógios em uma hora.

O autônomo Evandro Alves, que tem uma barraca de frutas no bairro Jardim Camburi, disse que horário de verão “é horrível” porque ele acorda muito cedo. Porém, para os negócios “é ótimo”. Ele contou que geralmente acorda 3h30 da madrugada, com o horário de verão dorme uma hora a menos. “Para as vendas é bem melhor. No horário normal fecho às 17h30 porque está escuro. No horário de verão fico até 19h30, tem muita gente andando na rua. As minhas vendas aumentam cerca de 40%”, comentou.

“Eu amo! Sair do serviço ainda claro parece que o dia rende mais. Mesmo sabendo que está escuro quando eu acordo, eu gosto”, disse a administradora Fabíola Loureiro.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), com a adoção da medida há uma redução significativa nas tarifas de energia. Nos últimos dez anos têm sido atingida uma média de 4,5% na redução da demanda de energia elétrica, e uma economia no consumo que gira em torno de 0,5%, o que equivale ao consumo mensal de energia da cidade com 2,8 milhões de habitantes. As análises técnicas demonstram que essa redução de demanda evita investimentos de cerca de R$ 7,0 bilhões.

Segundo pesquisa conduzida pelo Ministério, 82,2% da população aprova o horário de verão, porque proporciona benefícios, como o melhor aproveitamento da energia elétrica. Além disso, o horário de verão propicia o aumento de convívio familiar e proporciona mais tempo para praticar atividades de esporte e lazer.

O horário de verão é usado no Brasil desde a década de 1930, com algumas pausas. A medida vale para 10 estados brasileiros e o Distrito Federal, entre eles estão Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo. A medida não é aplicada nos Estados do Norte e Nordeste, pois estão mais próximos da Linha do Equador, onde há uma diferença menos significativa na luminosidade do dia entre o verão e o inverno, gerando pouca economia elétrica.



Outras Notícias


Empresas têm oportunidade de regularização junto à prefeitura

São Martinho de Dume, ilustre na fé e na ciência

Rodovia e pontes são interditadas após nível do rio subir em Itapemirim

São João Damasceno - Doutor da Igreja de Cristo

Papa Francisco chorou ao ouvir refugiados rohingyas em Bangladesh

Praça Jerônimo Monteiro e as luzes do Natal

MARATAÍZES PREPARA PROGRAMAÇÃO DE VERÃO E PROMETE AGITAR O BALNEÁRIO EM 2018

Você conhece o Dezembro Laranja? Campanha alerta para tumor mais frequente no Brasil

Instituto emite alerta de chuva forte para o ES até o dia 05

Confira as dicas do Procon de Cachoeiro para as compras de Natal

Cachoeiro terá mais viaturas e câmeras para segurança pública

HIV não é sinônimo de aids e tratamento pode garantir vida normal a pacientes

Expectativa de vida do brasileiro é de 75,8 anos, diz IBGE

Em Bangladesh, Papa destaca esforços comuns das religiões pela paz

São Cromácio - Bispo de Aquiléia (Itália)

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.