Novo modelo do rotativo de Cachoeiro é apresentado em audiência

C1011_rotativo

A proposta do novo modelo de estacionamento rotativo em Cachoeiro foi apresentada em audiência pública realizada na noite desta terça-feira (10), no auditório da escola Zilma Coelho Pinto. O encontro contou com a presença de moradores, vereadores e representantes de diversas secretarias municipais, que debateram o projeto elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdurb).

A audiência pública foi a última etapa do processo de elaboração do modelo de rotativo a ser implementado. O próximo passo é o lançamento do edital de licitação para as empresas concorrentes, o que deverá ocorrer nas próximas semanas.

“O nosso objetivo é que a cidade inteira se desenvolva de maneira organizada. A concessão vai ter duração de dez anos, vai impactar a cidade por dez anos. Por isso, é muito importante que nós tenhamos um debate responsável com a sociedade sobre esse tema”, afirmou o prefeito Victor Coelho na abertura da audiência.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Alexandre Bastos, destacou que a elaboração do novo modelo passou por um amplo processo de discussão com a sociedade. “É a terceira e última audiência que nós realizamos. A volta do rotativo é algo muito desejado pelas pessoas”, comentou.

Já o secretário de Desenvolvimento Urbano, Mário Louzada, ressaltou que o rotativo é um instrumento de organização do uso do espaço público e da mobilidade urbana.

A proposta

No total, o estacionamento rotativo disponibilizará 2.186 vagas, sendo 1.767 para carros e 419 para motos. A cidade deverá ser dividida em Zona Azul, que compreende a região do Centro do município, e Zona Verde, que abrange o chamado “centro expandido” – locais de grande movimentação urbana, mas que ficam em regiões mais afastadas. A ideia é que a implementação comece pela Zona Azul e parte da Zona Verde, com expansão gradativa para os demais locais.

Os valores a serem cobrados serão diferenciados em cada uma das áreas. Na Zona Azul, taxas ficarão entre R$ 2,50 e R$ 4,50 para carros e de R$ 0,50 a R$ 2,00 para motos poderem estacionar de uma a três horas. Na Zona Verde, haverá uma tolerância maior de tempo e valores mais baixos: de R$ 2,00 (uma hora) a R$ 5,00 (quatro horas) para carros e de R$ 0,50 (duas horas) a R$1,50 (quatro horas) para motos.

Também será implantada a chamada “tarifa pós-uso”, com valor máximo de R$ 10. A cobrança será aplicada aos donos dos veículos que ultrapassarem o tempo ou tenham estacionado sem pagar. Eles terão prazo de 24 horas para quitar o débito.

A proposta também prevê a instalação de sistema digital de cobrança, com pontos de compra de créditos a cada 100 metros e credenciamento para compra em estabelecimentos comerciais. A informatização permitirá que créditos não utilizados pelos usuários possam ser reaproveitados em outros locais de estacionamento ou até mesmo para pagamento de contas como água e energia.

Mário Louzada destacou que o novo modelo do rotativo é parte integrante do Plano de Mobilidade Urbana do Município. “Vamos fazer um Centro organizado, em que as pessoas sintam vontade de ir para frequentar o comércio. Com a limitação de horários, todos terão vaga para estacionar pelo tempo realmente necessário. É um grande passo para melhorar o fluxo do trânsito na cidade”, disse.



Outras Notícias


Unidades de saúde estendem horário de atendimento

Médicos alertam sobre superbactéria transmitida sexualmente

Mulher é baleada na cabeça e abdômen

Morador de Itapemirim encontra corpo em rio

Adolescente de 16 anos é detido com drogas e arma em Cachoeiro

Saiba como pedir aposentadoria por idade pela internet ou telefone

Bolsa Família começa a pagar benefício com reajuste

Pagamento da primeira parcela do 13º de aposentados começa em agosto

Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde

São Símaco era conciliador, homem de justiça e sinal de paz

Santo Henrique e Santa Cunegundes

Mulher é presa transportando droga nas partes íntimas em Vargem Alta

Câmara aprova gratuidade na conta de luz para famílias de baixa renda

Veículo precisa de autorização do Detran para usar gás. Saiba quais cuidados tomar!

Homem suspeito de matar a esposa é preso em Atílio Vivácqua

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.