Professores do Estado terão piso de R$ 1.534 por jornada semanal de 25 horas

Sedu

Em 2018 o piso salarial dos professores da rede estadual no Espírito Santo passa a R$ 1.534,60, com a correção de 6.81% sobre o valor pago em 2017, que é de R$ 1.436,76.

Esta semana o governo federal divulgou o novo valor do piso nacional do magistério para 2018: será de R$ 2.455,35 para jornada de 40 horas semanais. O aumento foi de 6.81% em relação ao valor pago em 2017.

Mas, no Espírito Santo, o valor pago à grande maioria dos professores será de R$ 1.534,60, com a correção de 6.81%. A explicação é que a jornada de trabalho do governo do Estado é de 25 horas.

A informação é do professor Swami Cordeiro Bérgamo. Ele explicou que o salário pago pelo Estado não é atrativo para jovens que tenham potencial para o magistério.

O Espírito Santo tem aproximadamente 16 mil professores na rede pública estadual. O professor informou que o governo do Estado não vem cumprindo o Plano de Carreira do Magistério nos termos da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), pois não considera o nível de formação e o tempo de serviço para composição do piso salarial.

Para corrigir as ilegalidades praticadas pelo governo do Estado em relação ao magistério, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) ajuizou a ação civil pública 0004304-54.2012.8.08.0024, como informou o professor.



Outras Notícias


COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA (18) O 8º CELEBRAI FESTIVAL DE MARATAÍZES

MEC antecipa data do Sisu; inscrições começam dia 23

Em 10 anos, população carcerária cresceu 274% no Espírito Santo

Em saudação final ao Chile, Papa faz votos de paz para o país

Santa Margarida da Hungria, exemplo de vida comunitária

Bartucada é uma das atrações do carnaval de Cachoeiro

Santo Antão, exemplo de castidade, de obediência e pobreza

AULAS DE CAPOEIRA DE GRAÇA EM CACHOEIRO-ES

Pai é linchado e preso após estuprar a filha de apenas 1 ano em Cachoeiro

Espírito Santo será sede de feira internacional de inovação agrícola e pecuária

Mais de 14% da população capixaba ainda não foi imunizada contra febre amarela

Começam atendimentos às comunidades do Espírito Santo que impactadas com a lama da Samarco

Alterações hormonais da gravidez afetam a pele e os cabelos

Sedu abre seleção para professores atuarem em cursos técnicos

São Berardo e companheiros mártires

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.