Professores do Estado terão piso de R$ 1.534 por jornada semanal de 25 horas

Sedu

Em 2018 o piso salarial dos professores da rede estadual no Espírito Santo passa a R$ 1.534,60, com a correção de 6.81% sobre o valor pago em 2017, que é de R$ 1.436,76.

Esta semana o governo federal divulgou o novo valor do piso nacional do magistério para 2018: será de R$ 2.455,35 para jornada de 40 horas semanais. O aumento foi de 6.81% em relação ao valor pago em 2017.

Mas, no Espírito Santo, o valor pago à grande maioria dos professores será de R$ 1.534,60, com a correção de 6.81%. A explicação é que a jornada de trabalho do governo do Estado é de 25 horas.

A informação é do professor Swami Cordeiro Bérgamo. Ele explicou que o salário pago pelo Estado não é atrativo para jovens que tenham potencial para o magistério.

O Espírito Santo tem aproximadamente 16 mil professores na rede pública estadual. O professor informou que o governo do Estado não vem cumprindo o Plano de Carreira do Magistério nos termos da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), pois não considera o nível de formação e o tempo de serviço para composição do piso salarial.

Para corrigir as ilegalidades praticadas pelo governo do Estado em relação ao magistério, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) ajuizou a ação civil pública 0004304-54.2012.8.08.0024, como informou o professor.



Outras Notícias


São Juliano esposo fiel, amou a família e os necessitados

JOVEM MORRE APÓS ATROPELAR CAVALO COM SUA MOTO

CORREIOS ABREM 88 VAGAS PARA O PROGRAMA JOVEM APRENDIZ NO ES

Perda de massa muscular pode significar incapacidade para idosos

Santa Rita de Cássia, conhecida como Santa dos Impossíveis

Santo André Bóbola, dedicado aos jovens e a Palavra de Deus

Caminhoneiros prometem parar na segunda (21) por conta de aumentos no diesel

Santo Ivo, advogado, juiz e sacerdote

Centro de Imagem do Hospital Evangélico Litoral Sul é inaugurado

Dupla é detida com drogas, arma e munições em Cachoeiro

Guandu e Centro terão testes de trânsito no fim do mês

São Pascoal Bailão, mártir da obediência

São Pascoal Bailão, mártir da obediência

Ufes quer implantar curso de Medicina no Sul

Nova loja abrirá 15 empregos em Cachoeiro

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.