Justiça decreta prisão de pai de Eliza Samudio

Pai_de_eliza_samudio

A juíza substituta da 1ª Vara Criminal de Foz do Iguaçu Luciana Assad Ballalai determinou nessa quinta-feira a prisão de Luís Carlos Samudio, pai de Eliza Samudio, desaparecida desde junho do ano passado. As informações são do jornal Gazeta do Povo, do Paraná.

O comerciante é acusado de ter abusado sexualmente de uma das filhas, na época com 10 anos de idade. Julgado em 2005, Luís Carlos foi condenado a oito anos de prisão em regime fechado por atentado violento ao pudor. Ele aguarda em liberdade o julgamento de um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Procurado pela reportagem do jornal, Luís Carlos disse desconhecer o pedido de prisão. “Meu advogado e eu estamos tentando esclarecer esta história. Juntamos ao processo uma declaração da minha filha me inocentando."

O advogado dele, Sérgio Barros, informou à publicação que o cliente está confiante. “Como a decisão inicial foi mantida e o processo seguiu para o STJ, também com negativas, entramos recentemente com um novo recurso. Infelizmente vamos ter que esperar alguma resposta com o Luís Carlos preso”, disse Barros.

Segundo o advogado, Luís Carlos está há dez dias na Argentina, trabalhando em uma empreitada. Ele é dono de uma loja de materiais de construção em Foz do Iguaçu. “Ele é pai de família, tem filhos para criar, precisa trabalhar”, disse Barros. Até a tarde desta sexta-feira a ordem de prisão não tinha sido cumprida.

Luís Carlos chegou a ter a guarda do filho de Eliza por duas semanas, após o desaparecimento da modelo. As acusações de abuso contra uma filha, no entanto, fizeram a Justiça conceder a guarda à avó materna da criança, Sônia Fátima Moura. O bebê, hoje com um ano e três meses, seria fruto do relacionamento entre Eliza e o ex-goleiro do Flamengo Bruno, que está preso, acusado pelo homicídio de Eliza.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.