Saúde da mulher precisa de cuidados específicos. Veja 8 dicas de especialistas!

Saude

Cuidados específicos ligados à higiene íntima, fertilidade e alimentação podem contribuir para desfrutar de dias mais saudáveis e tranquilos ao longo da vida. Neste mês dedicado às mulheres, especialistas da Unimed Vitória dão algumas dicas importantes que irão ajudar a prevenir doenças e o estresse da vida moderna.

1. Controle o estresse – O estresse pode gerar consequências impactantes para a saúde, como depressão, ansiedade e doenças cardíacas. Avalie as mudanças que precisam ser feitas na rotina para reduzir seu nível de estresse e, em seguida, coloque-as em prática. – Náira Delbini, psicóloga do Programa Viver Bem, da Unimed Vitória

2. Opte pela reeducação alimentar – Comer de forma saudável não significa ter que sempre renunciar a opções como um pedaço de bolo de chocolate ou uma fatia de pizza. A ferramenta-chave é a moderação. Ingira diariamente frutas, legumes e alimentos integrais. Escolha fontes magras de proteína e produtos lácteos com baixo teor de gordura. – Aline Sarmento, nutricionista do Programa Viver Bem, da Unimed Vitória

3. Previna a osteoporose – É importante ingerir alimentos ricos em cálcio, comer verduras de cor escura, como brócolis e couve, e peixes com ômega 3, como sardinha e salmão. Praticar regularmente atividade física e expor-se ao sol por 15 minutos diários, antes das 10 horas e depois das 16 horas, também são atitudes importantes. – Dr. Paulo Roberto de Paiva, neurologista e neurocirurgião da Unimed Vitória

4. Combine exercícios físicos – Pratique, de três a cinco vezes por semana, exercícios físicos. Eles ajudam a prevenir a osteoporose, doenças cardíacas e diabetes. O exercício também ajuda a melhorar a autoestima, o que é importante para a saúde mental da mulher. – Júlio César Oliveira Júnior, preparador físico da Unimed Vitória

5. Reflita sobre a fertilidade – Embora muitas mulheres não tenham problema para conseguir engravidar depois dos 30 anos de idade ou, até mesmo, ter o primeiro filho depois dos 40 anos, a fertilidade da mulher pode começar a diminuir a partir dos 32 anos. Então, se você pretende ter filhos, converse com o seu médico sobre o assunto. – Dr. Fernando Guedes da Cunha, ginecologista e obstetra

6. Cuide da higiene íntima – Faça a higienização íntima, de preferência, pelo menos duas vezes ao dia, utilizando água e sabonete especial para higiene da mulher. Caso a rotina movimentada não permita esse cuidado constante, utilize lenços umedecidos, para evitar que restos de papel e sujeiras orgânicas acumulem na vulva – Dr. Fernando Guedes da Cunha, ginecologista e obstetra

7. Dê atenção para as relações sexuais – O sexo pode ajudar a reduzir o estresse. Se algo tem interferido negativamente na sua satisfação sexual, como secura vaginal ou dor durante a relação, converse com seu médico para encontrar uma solução. – Dr. Fernando Guedes da Cunha, ginecologista e obstetra

8. Durma o suficiente – Embora cada pessoa possua necessidades diferentes de sono, ter menos de seis horas de sono por noite pode trazer consequências negativas para o corpo e para o cérebro. O sono é essencial para a reparação de tecidos, crescimento, memória e aprendizagem. – Dra. Zuleika Paim, otorrinolaringologista e especialista em Medicina do Sono.



Outras Notícias


Casa & Vídeo volta ao Espírito Santo e planeja inaugurar mais quatro lojas até 2019

Seis coisas que todos precisam saber sobre câncer de mama

Mais de 50% dos adolescentes capixabas consomem produtos industriais

Unidades de saúde intensificam ações contra câncer de mama e colo do útero

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS

São Lucas, uma figura simpática do Cristianismo primitivo

Começa a reurbanização da Praia Central

Boleto vencido acima de R$ 100 poderá ser pago em qualquer banco

Festa da Polenta marca 40 anos de tradição em Venda Nova, ES

Homem é preso em Castelo suspeito de envenenar o filho para tentar reatar casamento

Criança que teve braço amputado em acidente será indenizada em R$ 250 mil e terá pensão vitalícia

OMS considera a obesidade a 2ª principal causa de morte no mundo

Justiça denuncia eleitor que filmou o voto e divulgou em rede social

PRF fiscalizará estradas em operação no feriado de Nossa Senhora Aparecida

Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.