Sefaz orienta contribuintes a emitir o boleto do IPVA 2018 já disponíveis em site

Calculo-do-ipva

A partir deste ano, o boleto para pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), do Seguro DPVAT e do Licenciamento de veículos não será encaminhado para o endereço dos contribuintes. O Documento Único de Arrecadação (DUA) está disponível nos sites da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Segundo a Sefaz, o objetivo da mudança é conferir mais segurança para o contribuinte, tendo em vista o número de boletos extraviados, além de contribuir com as boas práticas de sustentabilidade e otimizar a utilização dos recursos públicos em razão das novas tecnologias. Ao deixar de enviar os boletos pelos Correios a expectativa é que o Estado economize aproximadamente R$ 1,9 milhão, recursos que poderão ser utilizados para atender outras demandas da sociedade. A Sefaz ressalta que a mudança na forma de emissão dos boletos do IPVA é uma tendência nacional, já adotada por estados vizinhos.

Com a proximidade da data de vencimento do IPVA para veículos leves e para veículos pesados com placas finais 3 e 4, neste mês de abril, a Sefaz orienta os contribuintes que fiquem atentos à mudança e observem algumas recomendações:

O calendário de vencimentos do IPVA para veículos leves terá início neste mês abril, já o cronograma de vencimentos para caminhões, ônibus e micro-ônibus começou no mês de março. O cronograma de vencimentos está disponível no site da Sefaz (http://internet.sefaz.es.gov.br/agenciavirtual/area_publica/ipva/vencimento.php).

Emissão do DUA
Para emitir o DUA, o contribuinte deve acessar a opção “Emissão de Boleto Unificado”, disponível nos sites da Sefaz e do Detran-ES (http://sitedetran.es.gov.br/consultaBoletoUnificado.asp). O contribuinte deverá digitar a placa e o Renavam do veículo.

O boleto unificado possui duas opções: pagamento em Cota Única (IPVA com 5% de desconto, Seguro DPVAT e Licenciamento) ou parcelado em quatro vezes para veículos leves (IPVA sem desconto de 5%, Seguro DPVAT – pago na primeira parcela – e Licenciamento – pago na última parcela).

É importante lembrar que a emissão do DUA pode se dar pelo computador, tablet ou por um smartphone. Além disso, não é necessário imprimir o documento para que o pagamento seja realizado. Usuários de internet banking podem fazer a leitura do código de barras ou digitar o número no campo indicado. Com o código de barras o contribuinte também pode efetuar o pagamento em uma máquina de autoatendimento do banco credenciado. Em último caso, os contribuintes que não conseguirem emitir o DUA podem se dirigir a qualquer Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) ou a uma das Agências da Receita Estadual.

Contribuintes clientes Banestes podem realizar os pagamentos do licenciamento, IPVA, DPVAT e multas de veículos do Espírito Santo direto no Aplicativo Banestes (opção Menu – Detran-ES) ou no Internet Banking (Serviços – Detran-ES).

Taxa de postagem
O pagamento da taxa de postagem referente ao Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) continua opcional ao proprietário do veículo no momento da emissão do DUA. Entretanto, se o contribuinte optar por não pagar a taxa, o CRLV não será enviado pelos Correios para o endereço indicado.

Para ter acesso ao documento, o contribuinte deverá comparecer a Ciretran do município de emplacamento do seu veículo munido dos documentos descritos no link (http://www.guiadeservicos.es.gov.br/Servicos/Detalhes/2009), para emissão e recolhimento do mesmo no balcão de atendimento. É importante ressaltar que, para efetivação do Licenciamento é imprescindível o pagamento da taxa e também a emissão do CRLV, que é de porte obrigatório pelo condutor do veículo.

Metade do valor arrecadado com o IPVA pertence ao município onde o veículo está emplacado. A parcela que fica com o Estado integra o orçamento anual e é destinada às diversas áreas de atuação do Estado, como Saúde, Educação, Segurança Pública e Infraestrutura. Assim, seu uso não está, necessariamente, ligado à construção ou à manutenção das vias públicas.

Com o recolhimento do IPVA dentro do prazo estabelecido, o contribuinte evitará o pagamento de multa e juros.



Outras Notícias


Criança cai de altura de oito metros ao tentar pegar pipa em Cachoeiro

Estudante é espancada e esfaqueada por casal na porta de escola em Guaçuí

Agricultor dado como morto em Colatina 'reaparece' em Minas Gerais

Estado continua registrando novos casos de malária

Educação: 120 vagas abertas para cursos gratuitos de Libras

Prefeitura inicia instalação de 20 academias populares em Cachoeiro

Com regras rígidas e claras, começa propaganda eleitoral

Doze motivos para não perder o Encontro Nacional de Folia de Reis em Muqui

Santo Estevão da Hungria, devoto de Nossa Senhora

Ifes Cachoeiro seleciona para pós gratuita em rochas

Iases abre processo seletivo para contratar temporários

Conta de luz mais cara no Espírito Santo

Sobe para 80 o número de casos confirmados de malária no ES

Caminhão desgovernado invade casa em Cachoeiro de Itapemirim

Cotistas de todas idades já podem sacar PIS/Pasep

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.