Santa Madalena de Canossa, fundadora das 'Filhas da Caridade'

Santa-madalena-de-canossa-1-150x150

Santa Madalena de Canossa, pela vida de oração galgou degraus para uma mística profunda
A santa de hoje é fundadora das ‘Filhas da Caridade’, congregação que iniciou em Veneza, Itália. Nasceu em Verona, no ano de 1774 e faleceu com 61 anos. Mas viveu o céu já aqui, acolhendo a salvação e sendo canal dela para muitos. Perdeu cedo seus pais.

Teve seu chamado à vocação religiosa, numa consagração total, mas não foi aceita na primeira tentativa, porém, não parou no primeiro obstáculo. Uma mulher mística. Pela sua vida de oração e seu amor a Jesus Crucificado, galgou degraus para uma mística profunda, sendo muito sensível à dor dos irmãos.

Viveu num tempo difícil, de guerras, precisando refugiar-se em Veneza. Ali, ela discerniu o carisma como fundadora, e na prática – por causa dos órfãos, enfermos e vítimas da guerra – sua caridade era ardente e reconhecida por muitos. Napoleão Bonaparte conhecia seu testemunho e a chamava de ‘anjo da caridade’. Entrou na glória de Deus, porque deixou a glória de Deus a transformar aqui.

Santa Madalena de Canossa, rogai por nós!



Outras Notícias


Ifes Cachoeiro seleciona para pós gratuita em rochas

Iases abre processo seletivo para contratar temporários

Conta de luz mais cara no Espírito Santo

Sobe para 80 o número de casos confirmados de malária no ES

Caminhão desgovernado invade casa em Cachoeiro de Itapemirim

Cotistas de todas idades já podem sacar PIS/Pasep

São Domingos de Gusmão, homem de oração

Agências do Sine anunciam mais de 220 vagas de emprego no Estado

Começa Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio e o Sarampo

MPF denuncia dois empresários do ramo de rochas ornamentais

Precisamos conservar nossa relação com Jesus, diz Papa no Ângelus

São Justo e São Pastor

Ciclista morre atropelado no distrito de Coutinho

Caminhão tomba e motorista morre na BR 101, em Anchieta

Mais agressivo, H1N1 triplica mortes por gripe; crianças não batem meta vacinal

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.