Vereador de Alegre é condenado a quatro anos de prisão por crime eleitoral

Mario-pezao

O vereador de Alegre, Mário Wesley Paiva Zanetti, o Pezão (Rede), foi condenado a quatro anos de prisão, em regime aberto, e pagamento de multa, por prática irregular no transporte de eleitores no dia da votação, em 2016. Na mesma sentença, o juiz eleitoral Kleber Júnior condenou o motorista Leonardo da Silva Ferreira.

Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, acatada pelo juiz de primeira instância, Leonardo foi preso em flagrante delito, quando transportava eleitores para locais de votação, desrespeitando a legislação em vigor. O carro pertencia ao vereador, que tentou se desculpar, mas entrou em contradição.

Constam dos autos que Leonardo cumpria ordens do parente de Pezão, João Bragança. No veículo, além de eleitores, foram encontrados panfletos e santinhos do então candidato a vereador Mário Pezão, que está em seu segundo mandato.

O Ministério Público justificou a medida afirmando que nenhum “veículo ou embarcação poderá fazer transporte de eleitores desde o dia anterior ao posterior às eleições, salvo se estiver autorizado pela Justiça Eleitoral”.

As pessoas conduzidas no veículo negaram o favorecimento ao candidato a vereador, mas, mesmo assim, a Justiça acatou a denúncia do Ministério Público.

Os dois réus, além da condenação, terão que pagar multa no valor de um terço do salário mínimo vigente na época do crime. A defesa vai recorrer.



Outras Notícias


Casa & Vídeo volta ao Espírito Santo e planeja inaugurar mais quatro lojas até 2019

Seis coisas que todos precisam saber sobre câncer de mama

Mais de 50% dos adolescentes capixabas consomem produtos industriais

Unidades de saúde intensificam ações contra câncer de mama e colo do útero

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS

São Lucas, uma figura simpática do Cristianismo primitivo

Começa a reurbanização da Praia Central

Boleto vencido acima de R$ 100 poderá ser pago em qualquer banco

Festa da Polenta marca 40 anos de tradição em Venda Nova, ES

Homem é preso em Castelo suspeito de envenenar o filho para tentar reatar casamento

Criança que teve braço amputado em acidente será indenizada em R$ 250 mil e terá pensão vitalícia

OMS considera a obesidade a 2ª principal causa de morte no mundo

Justiça denuncia eleitor que filmou o voto e divulgou em rede social

PRF fiscalizará estradas em operação no feriado de Nossa Senhora Aparecida

Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.