Homem é preso em Castelo suspeito de envenenar o filho para tentar reatar casamento

B7ef6320-aef0-0136-52c5-6231c35b6685--minified

Um homem de 35 anos foi preso suspeito de envenenar o próprio filho, um menino de 7 anos, em Castelo, no sul do Estado. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Polícia (DP) do município, na manhã desta quarta-feira (10), no bairro Vila Barbosa.

A criança havia passado mal após ingerir uma bebida láctea de uma cooperativa de leite da região. De acordo com o titular da DP de Castelo, delegado Marcelo Meurer Ramos, as investigações descobriram que o suspeito envenenou o filho na esperança de reatar o relacionamento amoroso com sua ex-esposa.

Contra o suspeito havia um mandado de prisão em aberto. Segundo o delegado, no momento da prisão, o suspeito tentou fugir, mas foi impedido pelos policiais.

“Inicialmente, o pai da criança negou ter qualquer participação no envenenamento, porém, na delegacia, ao ser reinquirido, ele confessou o crime”, afirmou Ramos.

O homem foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim, onde ficará à disposição da Justiça.



Outras Notícias


Casteglione é condenado por contratações irregulares

Estudo mostra que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos

Veículos a partir de R$ 2 mil serão leiloados pela Seger neste sábado (13)

Governo vai mudar Mais Médicos de novo, para reincorporar cubanos

Calculo da hidratação: veja o quanto de água é preciso beber no inverno

Sequela de zika em bebê pode surgir após 2 anos

Comissão do Senado aprova meia-entrada para doadores de sangue

Neurocientista brasileira da Rede Sarah recebe prêmio internacional

São Bento

Trânsito muda na região do Parque de Exposições para Festa de Cachoeiro

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Trânsito muda no Centro, neste sábado (29), durante Desfile Cívico Escolar

Mostra fotográfica resgata história da Festa de Cachoeiro

Diogo Nogueira é a atração do dia 29 na Festa de Cachoeiro

Governo vai lançar plano do 'gás mais barato

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.