Festival de Cinema de Muqui chega à 7º edição com mostras e cursos

Fecin-1

Muqui, pequena cidade na região sul do Espírito Santo, é famosa por possuir o título de maior sítio histórico do estado. Nos dias 14 e 16 de novembro, as ruas e casarios do município vão sediar o 7º Festival de TV e Cinema do Interior (FECIN), gratuito, na Cine.Tenda, uma sala de cinema montada no Jardim Municipal.

O 7º FECIN traz para esta edição o tema “Memória da Cor”, inspirado nos trabalhos desenvolvidos pela artista multimídia capixaba Monica Nitz, e propõe uma reflexão sobre a memória do passado arquitetônico da cidade, além das cores e multiplicidades da cultura popular – como a Folia de Reis e o Boi Pintadinho.

Neste ano, o festival recebeu 460 obras audiovisuais de várias partes do país, das quais foram selecionadas 35, entre longas e curtas-metragens e séries para Web e TV, que serão exibidos nas mostras Nacional e Espírito Santo, além da mostra capixaba de Webséries e séries de TV. Há, ainda, as mostras não-competitivas FM – Frequência Mulher, com produções femininas; FECIN para Crianças, com filmes infantis; e POQUI, que exibirá o resultado de uma oficina de vídeo para estudantes realizada dentro da programação de formação do festival.

Outros filmes convidados também integram a programação sem competir: a ficção Os Incontestáveis, de Alexandre Serafini (ES, 2018) e o documentário Bando de Teatro Olodum, de Lázaro Ramos e Thiago Gomes (BA, 2018) – que faz sua estreia no Espírito Santo. A seleção de 2018 foi realizada sob a coordenação dos moradores de Muqui Cláudia Puget e Ériton Berçaco, com a participação da artista Mônica Nitz e do cineasta Ricardo Sá.

“O FECIN cresceu. Em todos esses anos foram mais de 242 filmes exibidos, 91 atividades culturais, 20 oficinas realizadas para mais de 500 jovens e o mais importante: 4000 telespectadores assistiram ao festival. Exibir produções de várias partes do país, colocar na tela e por trás das câmeras os jovens da cidade pra fazer cinema, contar suas vidas e viver suas histórias, ver o brilho nos olhos das crianças… esse é o nosso cinema, é isso que motiva o FECIN”, disse Tânia Silva, uma das realizadoras do festival.

Além da agenda de filmes, o público que comparecer ao FECIN também poderá reviver o passado na 5ª edição do Passeio de Bicicleta à Moda Antiga, que convida os participantes a circular pelas ruas de Muqui com trajes antigos no dia 15 de novembro, às 16h30. Outra atração é a festa Luz, que marca o encerramento do evento e homenageia a memória da dançarina e artista capixaba Luz Del Fuego. O festival também conta com uma homenagem nacional, que será divulgada em breve.

O FECIN é uma realização do Instituto Marlin Azul, Caju Produções e Ministério da Cultura com apoio da Prefeitura Municipal de Muqui e Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo, com patrocínio do SEBRAE, BRDE, FSA e Ancine.

Ciclo de Formação Audiovisual

Para este ano, o FECIN traz como novidade a realização de atividades de formação audiovisual, com profissionais de renome no país, e abre inscrições para o público interessado em aprender mais sobre este mercado. Os temas são: Cinema como Negócio, com André Blak; Roteiro de Séries de TV e Novas Narrativas, com Lilian Fontes Moreira; Roteiro e Produção de Conteúdo LGBT, com Viv Schiller; Criando Conteúdo Audiovisual para WEB, com Bruno Heitor; e Fontes de financiamento ao audiovisual , com André Blak.

As atividades de formação têm valores a partir de R$ 80 e as inscrições são feitas através de formulário online no site do FECIN. O festival também irá promover a inclusão dos estudantes do Ensino Médio com oficinas de experimentações audiovisuais e, para as crianças que estudam na rede público de ensino de Muqui, haverá sessões especiais com filmes infantis de animação do Instituto Marlin Azul.



Outras Notícias


Governo quer salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

Senai Cachoeiro lança primeira turma do Curso de Qualificação Confeiteiro

Benefícios do chocolate: como aproveitar a Páscoa sem pagar o alto preço das contraindicações

Brasil é vice campeão mundial em cirurgias cesáreas

Mulher é morta em distrito de Alegre com pedra de 20 quilos na cabeça

Obras em trecho da rodovia do Valão são retomadas

Operação Quimera efetua prisões e afasta secretários em Vargem Alta

Justiça do ES não cumpre leis de prisão domiciliar para presas com filhos

São Crescente, foi martirizado por não negar a Jesus Cristo

Espetáculo da Paixão de Cristo terá duas apresentações em Jaciguá

Defensoria denuncia racionamento de água em presídio de Cachoeiro

Ministério registra aumento do consumo e produção de orgânicos no Brasil

Santo Isidoro, buscava a salvação das almas

Hospital do ES é condenado por dar falso diagnóstico de HIV

CNC projeta alta de 1,5% para as vendas da Páscoa contra 2% de 2018

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.