Uso de canudos plásticos é proibido em todo o Espírito Santo

E2a23e40-86e9-0136-e936-6231c35b6685--w240_h140_lx0_rx840_ty35_by525

O Governo do Espírito Santo sancionou a lei que proíbe o uso de canudos de plástico em todo o Estado. A proposta já havia sido aprovada na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) e foi publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira (5).

A lei determina que os estabelecimentos comerciais não forneçam aos seus clientes, o uso de canudos descartáveis e de material plástico ou similares.

Os estabelecimentos a partir de agora somente poderão comercializar ou fornecer, no âmbito do Estado, canudos biodegradáveis ou similares. A lei já está em vigor.

Caso a medida seja descumprida, o estabelecimento será advertido e receberá uma intimação para regularizar a situação. O não cumprimento da lei pode implicar ao infrator uma multa que varia entre 1.000 VRTE a 5.000 VRTE, que equivalem a R$ 3,4 mil a R$ 17,1 mil.

A novidade também já foi implantada no município de Vila Velha. Na cidade canela-verde, um projeto de lei semelhante foi sancionado pelo Prefeito Max Filho, em setembro deste ano.



Outras Notícias


Nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber abono salarial

Filtro solar: saiba por que é importante retocar o produto ao longo do dia

Inep divulga notas do Enem na sexta-feira

Carteira de identidade com hora marcada e sem fila em Cachoeiro

Confira a programação de verão pelo Espírito Santo

Calendário Escolar 2019: aulas na rede estadual começam dia 05 de fevereiro

Mansão e mais 49 imóveis vão a leilão na segunda (21)

Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

São Berardo e companheiros mártires

Primeira edição do Sisu 2019 deve abrir mais de 235 mil vagas

Santa Elisabete Ana Bayley Seton, obediente ao Senhor

Seis personalidades da Cultura Capixaba receberão a Comenda Rubem Braga

São Lázaro - amigo de Cristo

Santa Cristiana, instrumento providencial

Projetos em defesa dos animais são votados

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.