Operação Quimera efetua prisões e afasta secretários em Vargem Alta

Quimera

Duas pessoas presas e três secretários da prefeitura afastados por 90 dias, até o término das investigações. Esse é o resultado da Operação Quimera deflagrada nesta sexta-feira (12) pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) no município de Vargem Alta, sul do Estado. O grupo está envolvido na aquisição fraudulenta de serviços e peças para veículos e máquinas públicas.

Foram presos Altair Franco de Moraes e Alexander Robles, o Alex. Nas secretarias, foram afastados por 90 dias os titulares da pasta de Ação Social, Gladystine Marchezi Milholo Robles, esposa de Alexr; de Cultura, Turismo e Esporte, Thiago Fassarella Pereira; e de Obras, Serviços Urbanos e Interior, Paulo Marcos Costa

A investigação está a cargo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Sul) e da Promotoria de Justiça de Vargem Alta, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES e da Polícia Militar. Durante a operação foi apreendido material comprobatório da fraude.

Segundo o MPES, estão sendo investigados outros funcionários municipais, que já foram arguidos pela equipe da Gaeco e da Polícia. No início, a operação consistia no cumprimento de dois mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados. Mas com o andar das investigações, mais gente foi aparecendo.

Tanto que Quimera, o nome da Operação, trata-se de uma figura mística caracterizada por uma aparência híbrida de dois ou mais animais e a capacidade de lançar fogo pelas narinas, sendo, portanto, uma fera ou besta mitológica. Ou seja, o nome da operação faz alusões a estas várias ramificações da quadrilha.



Outras Notícias


Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

Assunção de Nossa Senhora

Campanha vai coletar pilhas e baterias de celular usadas

Homens inférteis também podem ter filhos. Saiba como!

Polícia Militar apreende drogas, recupera motocicleta e detém homem com mandado de prisão em Cachoeiro

Ministério confirma 1.226 casos de sarampo no Brasil

Manifestantes se concentram em frente ao teatro da Ufes para ato público contra cortes na educação

Inteligência Artificial vai ajudar Governo a combater fraudes no Detran

Prefeitura consegue que Justiça reautorize Festa de Alegre

Incaper receberá um milhão de investimentos em infraestrutura até 2023

Espírito Santo confirma primeiro caso de sarampo em Cariacica

Santos Ponciano e Hipólito

Cachoeiro-ES terá recadastramento biométrico neste mês

Obesidade avança e mata 4 milhões de pessoas no mundo, diz relatório da ONU

Saque do FGTS começa em setembro para poupadores da Caixa; veja calendário

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.